Coisas que fazem falta quando moramos no exterior

Muitas coisas fazem falta quando moramos no exterior. Além de perder o contato com a língua e a cultura, o estômago também reclama e muito. Aliás, das coisas que mais fazem falta quando moramos no exterior é a comida. Mudar de país não é nada fácil, pois a saudade da família e dos amigos aperta o peito. Além dessa saudade, ainda sentimos falta de várias coisas que só encontramos no Brasil. Confira alguns itens:

coisas que fazem falta

1. Um bom feijão novinho e com caldo grosso

Certeza que esse é o primeiro item da lista. No começo é muito difícil viver sem o nosso feijão de cada dia e até existem algumas versões de feijões na Europa que são enlatados, mas não se compara nem de longe o nosso amado feijão. Sabe aquela ida no supermercado para poder escolher entre diversas marcas de feijão o mais novinho e o mais gostoso? Pois é, quando moramos no exterior isso não é possível.

É claro que é possível encontrar feijão em lojas portuguesas ou outras lojas especializadas em produtos brasileiros, mas não é tão fácil assim, dependendo do país que você esteja. E nem sempre a marca vai lhe agradar ou ser tão bom quanto no Brasil. Nos Estados Unidos, o tipo de feijão mais próximo ao feijão brasileiro é o Pinto Bean.

Na França, encontramos esse aqui:

feijão

2. Churrasco, farofa e vinagrete

Sabe nosso churrasco com farofa, vinagrete e nossa picanha? Esqueça isso na Europa! Se você for convidado para um churrasco, o mais comum que encontrará, será: Linguiça, hambúrguer ou espetinhos de frango. É bem raro encontrar carne de vaca nos churrascos pelo simples fato de ser bastante caro. É bem mais em conta usar porco ou frango ou carne moída. Eles capricham bastante nos aperitivos e no pão para comer com a linguiça.

CHURRASCO

3. Clima tropical e calor humano

Sentimos falta do nosso clima tropical, do sol, das praias e do calor humano. Principalmente quem mora nos países que faz frio durante 6 a 9 meses, é duro suportar. Durante o outono e o inverno, os dias são curtos e na maior parte deles cinzentos. É difícil o sol dar as caras no inverno e quando sai é por pouco tempo.

Por conta do clima frio, as pessoas se reúnem menos e com menos frequência. Sabe aquela preguiça de ter que vestir um monte de roupa, enfrentar neve, ligar o carro um tempo antes para descongelar o gelo do para-brisa. É mais fácil ficar quentinho em casa curtindo preguiça.

brasileiros sentem falta

4. Compras parceladas

Os brasileiros sentem falta de poder fazer compras parceladas: é um privilégio. Na Europa, pelo menos, não podemos comprar um tênis e dividir em 10x, pois tudo se paga a vista. Só as grandes compras são parceladas, como: carro e casa/apartamento.

Porém existem sites que parcelam, dependendo do valor da compra. E o valor é debitado na conta bancária. Na França tem o sites como o Cdiscount, Amazon que têm acordo com instituições financeiras podendo dividir compras a partir de um certo valor em 3 ou 4 vezes.

CARTÃO

5. Grande variedade de frutas

O Brasil tem uma variedade de frutas e só percebemos isso quando estamos fora. Eu, por exemplo, amo melancia mas não é nada fácil encontrar aqui em Paris (fora de época). É preciso se adaptar às estações. No verão, a variedade de frutas e verduras é bem maior do que no inverno. Você pode até encontrar certas frutas fora da época, mas elas serão certamente caras e dificilmente serão saborosas.

Sinto falta de suco de fruta natural, pois isso nunca vi além do de laranja!

melancia

13 comments

  1. Lucia Zanchi 11 fevereiro, 2016 at 12:22 Responder

    Desculpa dizer, mas acho que você deve viver em reclusão. Todos os itens citados na reportagem são de fácil acesso, é só saber procurar. Feijão, todos supermercados vendem, iguais aos encontrados no Brasil. Lojas especializadas em produtos brasileiros, está cheio, todo lugar tem uma ou mais. Sol e praia, estão logo ali, em um voo não muito longo e sem o stress de trânsito congestionado. Enfim, pessoas que vivem reclamando da ausência de certas coisas do Brasil, não deveriam nunca ter saído de lá.

    • Suellen Kyl 13 março, 2016 at 14:48 Responder

      Olá Lucia,
      É verdade que estes produtos podem ser facilmente encontrados dependendo de onde você mora no exterior. Podemos também encontrar substitutos, mas o gosto certamente não será o mesmo e é esse gostinho especial que faz os brasileiros sentirem falta.
      Um abraço.

  2. diariodeprato 1 março, 2016 at 16:16 Responder

    Verdade, Patrícia! Moro na Holanda e também sinto falta disso tudo. Menos do feijão, que consigo achar em vários supermercados por aqui, apesar de ser um pouco mais caro do que no Brasil. Melancia eu também amo e sinto muita falta!!! Aproveitei que estive no Brasil esses dias e fiz uma salada de melancia que eu já queria provar há tempos. Ficou uma delícia! Coloquei a receita no blog. Se um dia quiser testar quando for ao Brasil, é só procurar por la. 😉 Adorei sue blog. Super útil para a gente que mora fora. Achei pela tag “melancia”. rsrs. Beijos!

    • Patricia Alves 13 março, 2016 at 11:19 Responder

      Oi Beatriz! Eu amo melancia! Lembra minha infância rs, dei muita risada que você achou o artigo pela tag melancia hahahah. Visitei seu blog e adorei! Apaixonei pela salada de melancia 🙂 e vou aproveitar pra seguir suas receitas, a cozinha não é meu forte rsrs. To de olho no BROWNIE SAUDÁVEL. Estou te seguindo. Beijos

      • diariodeprato 17 março, 2016 at 16:28 Responder

        Hahaha! Adoro achar blogs bons assim, por coincidência, tipo a tag melancia. rsrs. Obrigada pela visita e por seguir, Patricia! 🙂 As receitas costumam ser bem fáceis… rsrs. Beijão!

    • Suellen Kyl 12 março, 2018 at 19:57 Responder

      Olá Amanda,
      Pagamentos com cartão são aceitos, o que é difícil é conseguir parcelar qualquer coisa em parcelas à perder de vista como fazemos no Brasil.
      Um abraço

Leave a reply