Grávida de vestido vermelho segurando sapatinhos
Home Planejar ViagemDicas de viagem Viajar de avião grávida: relato e dicas

Viajar de avião grávida: relato e dicas

by Suellen Kyl
Atualizado em 23 junho 2022 por Suellen Kyl

A gravidez é um momento particular da vida de uma mulher. Viajar de avião grávida é uma experiência bastante diferente e requer certos cuidados e preparos. Tendo dois filhos e morando fora do Brasil, viajar de avião grávida foi uma experiência que eu experimentei várias vezes, duas delas em um voo internacional.

É possível viajar de avião grávida em voo internacional mesmo com todo o desconforto que uma longa viagem de avião tem. Já em voos mais curtos, a experiência é mais agradável e posso dizer que em voos de 2h de duração, eu não senti muito a diferença da viagem se comparar às viagens que fiz não estando grávida.

Venha saber tudo o que você precisa saber sobre viajar de avião grávida. Para maiores informações, não deixe de conferir o nosso canal no YouTube e acompanhar o nosso Instagram. Além de postagens diárias, muitas dicas e informações são postadas diariamente no stories. Já está nos seguindo?

 

Viajar de avião grávida

Faça agora mesmo a sua cotação com a Wise, uma empresa que oferece um serviço rápido e seguro com as menores taxas e as melhores cotações de câmbio.

>> Faça agora mesmo a sua cotação <<

Os cuidados de quem viaja de avião grávida

Antes de pensar em viajar de avião, planejar a sua viagem e comprar as passagens, você deve primeiro conversar com o seu médico. É ele quem deve dar o seu acordo ou não para que você possa viajar tranquilamente e também dará dicas do que fazer e não fazer durante o seu trajeto.

Saiba que dependendo da gravidez, do estado de saúde da mãe e do bebê, uma viagem de avião mesmo que seja curta não é recomendada. Só quem pode determinar isso é o médico com que você faz o seu pré-natal e que conhece todo o seu histórico. Confie nele.

Quando a gravidez apresenta alguns cuidados especiais como problemas com pressão alta, diabetes, sangramento, é primordial fazer uma consulta médica para determinar se a viagem é possível ou não e quais os cuidados necessários.

Água e comida durante o voo

Ao viajar de avião durante a gravidez, você deve ter certos cuidados que talvez não teria em situações normais. Por exemplo, é essencial manter-se hidratada e ter algo para comer durante o voo. Especialmente para evitar os enjoos, comer com frequência e em pequenas quantidades é recomendado. Porém, nem sempre você terá água e comida disponíveis no avião. Por isso, leve consigo o que você tem costume de comer para não passar aperto.

É importante lembrar que durante a gravidez, o regime alimentar muda. É comum as mulheres terem aversão a certos tipos de comida, seguirem dietas mais restritas como no caso de diabetes gestacional ou evitarem certos alimentos devido ao risco de contaminação. Por isso é tão importante que você leve a sua própria comida e pestiscos sempre que possível.

Em voos low cost, pode ser possível que não haja serviço de bordo ou que ele esteja suspenso.

Faça o seu seguro viagem e garanta a sua segurança

Tenha uma viagem tranquila adquirindo um Seguro Viagem. Além de ser uma segurança e conforto para você, ele também é obrigatório para entrar e viajar para a Europa e diversos países.

Faça uma cotação gratuita com a Seguros Promo e tenha desconto de até 20% com o cupom TURISTA através deste link. Aproveite!

Saiba quais são as vantagens em adquirir o seu Seguro Viagem com a Seguros Promo:

  • Pagamento com Pix, boleto e cartão de crédito em até 12 vezes;
  • Possibilidade de comparar diversos seguros e escolher o que melhor se adapta às suas necessidades;
  • Profissionais qualificados para atender dúvidas durante a sua compra por e-mail, chat e whatsapp;
  • Garantia de comprar em um site seguro.

>> Faça agora mesmo a sua cotação <<

Use meias de compressão

Isso é algo que eu nunca tinha usado na minha vida, até engravidar. Foi também recomendado pelo meu ginecologista quando falei da minha viagem.

Aqui na França, meias de compressão podem ser adquiridas sem custo pela sécurité sociale. Basta ter uma receita médica e você pode escolher os modelos e cores disponíveis. No entanto, certas marcas só são disponíveis pagando do próprio bolso. No meu caso, eu peguei uma das marcas que eram 100% cobertas pelo sistema de saúde e achei muito boa.

Saiba que usar meias de compressão e movimentar-se durante o voo é muito importante. Assim você evita problemas como trombose e inchaços, ativando a circulação. Eu achei que as meias de compressão proporcionaram um voo bem mais confortável, eu me senti muito bem usando elas durante meu voo internacional. Não se esqueça de movimentar-se com frenquência durante o voo.

Cuidado com a bagagem

Se em situações normais levar muita bagagem já não é recomendado, estando grávida essa recomendação deve ser seguida à risca. Principalmente se você estiver viajando sozinha.

Leve uma mochila pequena com os seus pertences pessoais, comida e água. Caso prefira uma carry-on, não encha ela de coisas e tente deixar o mais leve possível. Para isso, você deve escolher uma mala de viagem que seja leve e prática.

Ao embarcar, é bem provável que alguém se ofereça para colocar a sua mala no compartimento de bagagens para você. Aceite essa ajuda ou peça ajuda caso ninguém se ofereça e você não se sinta confortável levantando peso.

A mesma recomendação vale para a bagagem despachada, caso você tenha uma. Peça ajuda para tirar da esteira e colocar no carrinho, caso esteja viajando sozinha. Não corra riscos desnecessários durante a viagem que podem muito bem ser evitados. A sua saúde e a saúde do bebê devem estar sempre em primeiro lugar.

Seguro viagem para gestantes

Ter um seguro viagem já é importante para quem viaja em situações habituais, mas ele é ainda mais importante para grávidas. O seguro viagem para gestantes inclui serviços que podem não estar inclusos em outros tipos de seguro viagem, como remédios, translado médico e atendimento 24h. Esses elementos dão a segurança necessária para que a futura mamãe viaje tranquila e possa aproveitar a sua viagem.

Faça uma cotação através da Seguros Promo e utilizando nosso código GDE5, você ganhará 5% de desconto no seu seguro viagem.

Até quando é possível viajar de avião grávida

O período mais tranquilo para viajar de avião grávida é durante o segundo trimestre da gravidez, ou seja entre 13 e 26 semanas. Nessa época, os riscos de aborto espontâneo caem bastante e todos os exames recomendados já foram realizados. Assim, já é possível ter uma ideia de como a gestação está evoluindo e se a mãe ou o bebê requerem cuidados especiais.

Durante o primeiro trimestre, o risco de aborto espontâneo é mais elevado e a futura mamãe está passando por muitas mudanças. O seu corpo ainda está se adaptando à novidade e é mais comum ter sintomas de mau estar mais frequentes.

As políticas de viagem de cada companhia aérea vão determinar até quando é possível viajar de avião grávida. Geralmente, até 26 ou 27 semanas é possível viajar sem precisar apresentar atestado médico. A partir de 28 semanas, certas companhias aéreas só vão permitir o embarque de mulheres grávidas mediantes apresentação de um atestado médico.

Já o limite máximo para embarcar grávida vai variar, mas em regra geral, a partir de 35 semanas algumas companhias proibem ou restringem o embarque de mulheres grávidas. Algumas até autorizam o embarque entre 36 e 38 semanas mediante atestado médico emitido nas últimas 48h ou até mesmo exigindo a presença do médico que assinou o atestado no voo.

Mesmo que seja possível, viajar no último trimestre de gravidez não é o momento mais agradável para pegar um avião. Os incômodos que sentimos no final da gravidez são difíceis de serem remediados durante um voo. Por mais que você tenha cuidado e traga objetos para melhorar o conforto durante o voo, eu só recomendaria viajar no último trimestre da gravidez se realmente for necessário.

Quando viajar de avião grávida não é recomendado

Viajar de avião envolve estresse e cansaço, coisas que podem não ser recomendadas quando a gravidez não é de baixo risco. Por mais que você fique sentada e sem fazer nenhum esforço físico, ficar sentada por muito tempo também é desconfortável para gestantes. Em casos de problema de circulação e risco de formação de coágulos sanguíneos, ficar sentada em uma única posição é bastante prejudicial.

Caso você tenha pressão alta, diabetes, sangramentos, anemia severa, insuficiência placentária ou tenha alguma doença que necessite o acompanhamento médico constante, viajar de avião durante a gravidez não é recomendado.

Checklist da mamãe viajante

  • Usar roupas e calçados leves e confortáveis;
  • Usar meias de compressão durante o voo;
  • Ter sempre água e petiscos à mão;
  • Sentar de preferência no assento do corredor para ter acesso fácil e ilimitado ao banheiro;
  • Levar pouca bagagem e pedir ajuda sempre que possível;
  • Movimentar-se com frequência, nem que seja por alguns minutos;
  • Carregue medicamentos na mala de mão;
  • Levar objetos que possam melhorar o conforto durante o voo, como descanso para pescoço e travesseiros pequenos;
  • Tenha consigo um documento válido com o seu tipo sanguíneo e o contato do seu médico em caso de emergência.

Use aplicativos indispensáveis durante a sua viagem e permaneça conectado adquirindo o seu chip internacional com a America Chip.

Aproveite o desconto de 10% com o cupom AMERICA10 e tenha internet 4G de alta qualidade em diversos países no mundo.

Confira as vantagens de adquirir o seu chip internacional com a America Chip. 

  • Entrega em todo o Brasil e no mesmo dia nas capitais de São Paulo e Rio de Janeiro;
  • Parcelamento em até 6x;
  • Planos ilimitados para não correr o risco de ficar sem conexão;
  • Permaneça conectado e use o WhatsApp para fazer ligações de qualquer lugar do mundo

>> Adquira agora mesmo o seu chip internacional clicando aqui <<

Viajar de avião grávida em voo internacional

Os voos internacionais são longos e cansativos. Estando grávida, é difícil achar uma posição confortável e por isso você deve investir sem hesitar em objetos que possam tornar a viagem mais agradável. Fique atenta ao checklist da mamãe viajante e não deixe nenhum item de fora.

A tripulação e toda a equipe das companhias aéreas são bem agradáveis com as futuras mamães. É comum que eles ofereçam ajuda ou perguntem se você precisa de algo durante o voo. Existem mesmo assentos que são reservados para pessoas com deficiência e mulheres gestantes. Vale a pena perguntar se esses assentos estão disponíveis.

Uma mulher grávida pode fazer uma viagem internacional, desde que seu médico esteja de acordo e que a gravidez esteja correndo bem. Além de claro, ter em mente que uma viagem internacional é longa e desgastante e que você precisa estar pronta para encarar essa aventura.

Minhas viagens de avião estando grávida

Fiz duas viagens de avião estando grávida, ambas em torno das 25 semanas. O meu trajeto consistiu em um trajeto de carro até o aeroporto, o que levou em torno de meia hora, mais um voo de 11h seguido de um voo de 1h30.

No primeiro voo eu fui sozinha e cometi um erro básico: sentei na janela. Claro que para a minha sorte teve alguém que sentou no corredor e o voo foi bem complicado. Eu não achava que usava o banheiro com tanta frequência assim, mas durante o voo ficou claro que sentar na janela foi uma péssima ideia. E sim, eu usava o banheiro com muito mais frequência do que imaginava.

Já no segundo voo, eu estava acompanhada mas mesmo assim optei por sentar no corredor. O que foi uma ótima escolha, já que eu também tinha meu filho mais velho que ficou dormindo no assento do meio.

Em ambas viagens, apenas na volta alguém questionou sobre quantas semanas de gestação eu estava. Como eu não estava além do limite permitido pela companhia, eles não exigiram nenhum atestado médico. E até mesmo ganhei de presente um assento, pois como o voo não estava lotado, a pessoa que fez o check-in bloqueou o assento ao meu lado para que eu pudesse viajar com mais conforto.

Prepare a sua viagem

Você também pode se interessar...

Deixe um Comentário 🙂