Franceses tomando sol
Home Morar no ExteriorVida na EuropaCuriosidades da Europa 10 Coisas que eu nunca vou entender na França

10 Coisas que eu nunca vou entender na França

by Suellen Kyl
Atualizado em 30 setembro 2022 por Suellen Kyl

Existem coisas que eu nunca vou entender na França. Por mais tempo que eu more no país, esses costumes continuam parecendo estranhos e não fazem o menor sentido para mim. Será que eu sou a única?

Durante esses anos morando na França, fiz uma lista das 10 coisas que eu nunca vou entender na França. Porque mesmo depois de tanto tempo, essas coisas continuam não fazendo sentido. Então acho que podemos dizer que elas realmente não fazem sentido, não é mesmo?

Você mora ou conhece a França? O que você acha desses costumes? Tem mais algum para adicionar à lista? Deixe nos comentários para enriquecermos ainda mais essa lista. Vamos lá?

Para maiores informações, não deixe de conferir o nosso canal no YouTube e acompanhar o nosso Instagram. Além de postagens diárias, muitas dicas e informações são postadas diariamente no stories. Já está nos seguindo?

1. Comer iogurte depois do jantar

Pote de iogurte branco um costume francês
Foto: Unsplash por Sara Cervera

Se você for ao supermercado na França, certamente vai ficar pasmo com a quantidade de iogurtes e sobremesas à base de leite que você encontra na seção de laticínios. Seja em qualquer região da França, a oferta de iogurtes é realmente impressionante.

Lá você encontra iogurtes de todos os tipos: natural, aromatizados, sem gordura, orgânicos, para crianças, para bebês… Sim, iogurtes para bebês. Esse aliás é um dos costumes da introdução alimentar aqui na França e eu penso que venha desse costume a loucura pelo iogurte.

Desde os 6 meses de idade, os bebês passam a ter o iogurte incluso na dieta alimentar. E ele passa a substituir as mamadeiras depois das refeições.

Veja como é a educação das crianças francesas.

Já na idade adulta, os franceses tomam iogurte depois das refeições como sobremesa. Um hábito não muito recomendado pelos médicos já que o leite logo após as refeições interfere na absorção do ferro. Uma das coisas que eu nunca vou entender na França, mas que faz parte do costume.

2. Carregar baguete descoberta e embaixo do braço

Mulher segurando baguete na França
Foto: Pexels por Анна Галашева

Uma das coisas que eu nunca vou entender na França, é esse costume de carregar baguete sem a menor proteção e embaixo do braço.

Quando você compra uma baguete, é comum a padaria colocar apenas um papel em volta do meio da baguete onde você segura, e o resto fica descoberto. É aí que quando precisam usar ambas as mãos, os franceses colocam a famigerada baguete embaixo do braço. E muitas vezes continuam andando com ela até em casa dessa forma.

Se isso não parecer estranho o suficiente, é comum ver pessoas carregando suas baguetes no transporte público lotado sem a menor proteção. Saiba que eu já vi até pacote com baguete sendo colocada no banco ou no chão do metrô. É como se a baguete tivesse um super poder de não absorver nenhuma sujeira do ambiente.

Faça agora mesmo a sua cotação com a Wise, uma empresa que oferece um serviço rápido e seguro com as menores taxas e as melhores cotações de câmbio.

>> Faça agora mesmo a sua cotação <<

3. Usar a negação para dizer que algo é bom

Homem fazendo positivo com a mão
Foto: Pexels por William Fortunato

Se você ouvir um francês dizendo que algo é bom sem usar a negação para isso, tenha certeza de que aquilo é realmente bom. De maneira geral, é bem comum ouvir os franceses dizendo que algo é “pas mal” (não é ruim) quando na verdade eles gostaram bastante. O que para nós brasileiros, traduzindo ao pé da letra leva a crer que algo que “não é ruim” está longe de ser bom.

Alguns usos da negação em franceses podem soar bem confusos. Lembro que logo que cheguei na França, volta e meia ficava confusa tentando entender se a resposta era positiva ou negativa.

Por exemplo, se alguém disser que algo é “terrible” com um ar contente e sorridente, a palavra provavelmente tem uma conotação positiva. Já se alguém disser que “c’est pas terrible”, é bem provável que ele esteja dizendo que não é bom. Confuso? Nem um pouco, né?

Os franceses também fazem uns sons estranhos quando falam, você já percebeu?

4. Dar dois beijinhos ao chegar e ao sair dos lugares em todo mundo

Mulheres dando beijo no rosto
Foto: Pexels por Yan Krukov

Cumprimentar ao chegar e ao sair faz parte da educação, isso não podemos negar. Mas ter que cumprimentar todo mundo um por um com dois beijinhos é muito chato.

Para aliviar esse problema, a dica é ser um dos primeiros a chegar. Assim, serão as outras pessoas que chegarão depois que terão que vir até você cumprimentar e você não vai dar beijinhos em série.

Esse foi um costume que foi deixado de lado durante a pandemia e que muitas pessoas reclamaram. Já outras, como eu, acharam bem mais agradável não se sentir obrigada a ter que dar dois beijinhos em todo mundo ao chegar e ao sair.

5. Enviar coisas pelo correio (cheque, documentos)

Envelope e lápis
Foto: Pixabay

Quer cancelar a sua linha telefônica, trocar a conta ligada ao débito automático do seu celular? Você manda uma carta assinada pelo correio. Vai enviar a sua candidatura para a universidade? Você manda pelo correio. Quer pagar alguma conta com cheque? Manda pelo correio.

O uso do envio postal na França é algo que todo estrangeiro acha um tanto exagerado. E não pense que os próprios franceses não reclamam disso.

No entanto, esse costume tem mudado cada vez mais, principalmente depois da pandemia. Certa vez eu tinha perdido meu código de acesso à uma plataforma, e ao ligar, me informaram que um novo código chegaria por correio. Isso levaria de 2 a 5 dias úteis. Então se você tiver pressa, pode ir se acalmando pois não tem outro jeito.

Conheça outros costumes franceses que são bem estranhos.

Faça o seu seguro viagem e garanta a sua segurança

Tenha uma viagem tranquila adquirindo um Seguro Viagem. Além de ser uma segurança e conforto para você, ele também é obrigatório para entrar e viajar para a Europa e diversos países.

Faça uma cotação gratuita com a Seguros Promo e tenha desconto de até 20% com o cupom TURISTA através deste link. Aproveite!

Saiba quais são as vantagens em adquirir o seu Seguro Viagem com a Seguros Promo:

  • Pagamento com Pix, boleto e cartão de crédito em até 12 vezes;
  • Possibilidade de comparar diversos seguros e escolher o que melhor se adapta às suas necessidades;
  • Profissionais qualificados para atender dúvidas durante a sua compra por e-mail, chat e whatsapp;
  • Garantia de comprar em um site seguro.

>> Faça agora mesmo a sua cotação <<

6. Vaso sanitário separado sem pia para lavar a mão

Vaso sanitário aberto
Foto: Unsplash por Giorgio Trovato

Uma eterna contradição da engenharia? Ter o vaso sanitário separado do banheiro onde é o banho pode não ser uma má ideia. Na verdade, quando vi pela primeira vez achei bem inteligente.

Pensa só quantas vezes você queria usar o banheiro e teve que esperar alguém que estava tomando banho terminar para que você pudesse usar. Ou então o quão desagradável é você ir tomar banho e o banheiro estar com aquele cheirinho de que alguém fez o número 2 pouco antes de você entrar.

O problema é que na maioria das vezes, o vaso sanitário fica isolado em um cubículo sem nenhuma pia. É só o vaso sanitário e mais nada. Então como você faz para lavar as mãos? Bom, a pia para lavar as mãos fica lá no banheiro onde fica a ducha. Ou seja: resta esperar que o banheiro desocupe para que você lave as mãos ou você vai lavar na pia da cozinha.

Felizmente, nas construções mais modernas esse problema tem sido resolvido com uma pequena pia no cubículo onde fica o vaso.

7. Tudo fecha domingo

Placa de fechado em um estabelecimento
Foto: Pexels por Tim Mossholder

Pode ser que você esteja acostumado a fazer compras de supermercado ou mesmo de roupas no domingo. Afinal, os shoppings estão sempre abertos aos domingos, certo? Bom, não na França.

As leis trabalhistas na França exigem que os trabalhadores tenham ao menos 1 dia completo de descanso por semana. Isso faz com que os comércios fechem aos domingos e apenas certos shoppings, supermercados, floriculturas e agências de turismo tenham autorização para permenecer abertos aos domingos durante o dia todo.

Em cidades turísticas como Paris, é bem comum o dia de descanso de restaurantes e museus ser às segundas-feiras. Não esqueça disso ao planejar a sua viagem para Paris.

8. Inúmeros tipos de creme de leite e tipos de farinha

Vidro com farinha derramando
Foto: Pexels por Kaboompics

Se você já acha difícil ter que escolher entre creme de desnatado e integral, você vai ficar certamente perdido na França. Existem diferentes tipos de creme de leite dependendo da necessidade da receita: tem creme de leite com textura líquida, cremosa, firme, creme de leite para fazer chantilly, integral, semi-integral, com baixo teor de gordura… Além das inúmeras opções de creme de leite vegetais.

O mesmo acontece com a farinha de trigo. Existem diferentes tipos de farinha de trigo branca que são usados em diferentes preparos. Nas embalagens dificilmente você vai ver indicado quais são as preparações para cada tipo de farinha, então o jeito é pesquisar na internet.

Use aplicativos indispensáveis durante a sua viagem e permaneça conectado adquirindo o seu chip internacional com a America Chip.

Aproveite o desconto de 10% com o cupom AMERICA10 e tenha internet 4G de alta qualidade em diversos países no mundo.

Confira as vantagens de adquirir o seu chip internacional com a America Chip. 

  • Entrega em todo o Brasil e no mesmo dia nas capitais de São Paulo e Rio de Janeiro;
  • Parcelamento em até 6x;
  • Planos ilimitados para não correr o risco de ficar sem conexão;
  • Permaneça conectado e use o WhatsApp para fazer ligações de qualquer lugar do mundo

>> Adquira agora mesmo o seu chip internacional clicando aqui <<

9. Tomar refrigerante quente e cerveja sem estar super gelada

Copo com cerveja no sol
Foto: Pexels por Sonja Maric

A sua cerveja tem que estar extremamente gelada? O seu refrigerante sempre com gelo? O que você diria de um refrigerante que fica em temperatura ambiente?

Quando fui em uma festa na casa de alguém, notei as garrafas de suco e refrigerante na mesa bem antes das pessoas começarem a comer. E não, essas garrafas nunca foram para a geladeira e ninguém serviu gelo. Todo mundo se serviu e tomou em temperatura ambiente.

Já a cerveja, nunca ficou horas na geladeira. Nos supermercados é bem difícil ver aquelas geladeiras repletas de bebidas como vemos no Brasil. Portanto, se você quiser tomar uma cerveja bem gelada, você tem que comprar com antecedência e deixar na geladeira. Pois de última hora, você só vai encontrar cerveja quente mesmo.

Talvez o motivo disso seja que os próprios franceses não liguem para a temperatura da cerveja. Já vi gente levar um engrdado de garrafas pequenas em uma festa e abrir ali mesmo, sem nem refrigerar. E ninguém reclamou.

10. Torrar no sol de 40 graus ou comer no sol durante o verão

Franceses tomando sol é uma das coisas que eu nunca vou entender na França
Foto: Unsplash por George Kouronis

O verão faz uma falta, isso não podemos negar. Mas aproveitar o sol quando está fazendo literalmente 40 graus durante uma onda de calor, no momento mais quente do dia é um pouco demais. Isso você vai ver sem ter que procurar muito nos parques da cidade. É comum também algumas mulheres aproveitarem para se bronzear usando biquini.

Bom, até aí cada faz o que acha melhor, não é mesmo? Mas e se você for convidado para almoçar, e quando chega lá não vê nenhum parassol? Apenas pessoas comendo embaixo do sol quente de verão, sem nenhuma sombra por perto. Pois é, os franceses parecem apreciar tanto o sol que até comem com o sol quente batendo na cabeça. Essa é uma das coisas que eu nunca vou entender na França, definitivamente.

Prepare a sua viagem

Você também pode se interessar...

Deixe um Comentário 🙂