Conheça as passagens cobertas de Paris

by Suellen Kyl

As galerias e passagens cobertas de Paris são pouco conhecidas pelos turistas e geralmente não fazem parte do roteiro de viagem. O Guia do Estrangeiro traz para você as passagens cobertas mais charmosas de Paris que realmente valem a pena serem visitadas.

As principais passagens cobertas de Paris

Visitar as passagens cobertas de Paris é uma opção para os dias de chuva. Além de encontrar um pouco de tudo, você pode ainda apreciar a bela arquitetura desses lugares. Aproveite e faça uma visita com degustação pela passagens cobertas de Paris.


Ao viajar para o exterior, não se esqueça de adquirir o seu Seguro Viagem. Faça a sua cotação com a Seguros Promo e obtenha nosso desconto exclusivo


Passage des Panoramas

A mais antiga passagem coberta de Paris é a Passage des Panoramas, que data de 1799. Esta passagem foi inicialmente construída para facilitar o acesso do Palais-Royal ao Grands Boulevards, atraindo assim a clientela que não precisava se preocupar com a chuva.

passagens cobertas de Paris

Endereço

11 Boulevard Montmartre, 75002 Paris.

Metrô: Bourse, Grands Boulevards

Ônibus: 20, 39, 74, 85.

Aberta todos os dias das 6h da manhã à meia noite.

Passage Choiseul

Esta é uma das passagens mais longas de Paris, com 190m. O teatro e a literatura eram o forte dessa passagem, que contava com livrarias e era bastante frequentada pelos clientes dos teatros à sua volta. Hoje ela possui restaurantes e um insólito bar da siesta.

passagens cobertas de Paris

Endereço

40 Rue des Petits Champs, 75002 Paris.

Metrô: Pyramides

Ônibus: 21, 27, 29, 39, 68, 95.

Aberta de segunda à sábado das 8h às 20h.


Outras atrações imperdíveis em Paris:


Passage du Grand Cerf

Esta passagem criada em 1825 chama a atenção pela sua arquitetura. Com uma altura de cerca de 12 metros, esta é a passagem mais importante de Paris. Ela possui 2 níveis com a fachada toda de vidro e é voltada para a produção e o artesanato.

passagens cobertas de Paris

Endereço

145 Rue Saint-Denis, 75002 Paris.

Metrô: Étienne Marcel

Ônibus: 29, 38.

Aberta de segunda à sábado das 8h30 às 20h30.

Passage du Caire

Nomeada assim por conta da expedição de Napoleão ao Egito em 1798, a Passage du Caire abriga 3 galerias. É o ponto de encontro de profissionais da moda. É a mais antiga passagem coberta de Paris. Ela possui 3 estátuas da deusa Hathor que decoram a sua entrada.

passagens cobertas de Paris

Endereço

2 Place du Caire, 75002 Paris.

Metrô: Sentier

Ônibus: 20, 38, 39.

Aberta de segunda à sexta das 7h às 18h30.

Passage Brady

Esta passagem abriga em sua maioria uma gama de produtos de origem indiana e paquistanesa. Sofreu uma modificação em 1854, quando teve sua parte central separada devido à construção de um Boulevard.

passagens cobertas de Paris

Endereço

46 Rue du Faubourg Saint-Denis, 75010 Paris.

Metrô: Château d’Eau.

Ônibus: 20, 32, 38, 39.

Aberta de segunda à sábado das 9h30 às 23h30 e aos domingos das 18h às 23h30.

Galerie Vero-Dodat

Esta galeria vale a pena ser visitada. Com um ar chic parisiense, o piso de mármore lembra um jogo de damas na diagonal e cria um aspecto de profundidade e beleza incríveis. Ela abriga marcas de luxo como o ateliê de Christian Louboutin. Como ela fica perto do Louvre, você pode dar uma passada por lá quando foi visitar o museu.

passagens cobertas de Paris

Endereço

19 Rue Jean-Jacques Rousseau, 75001 Paris.

Metrô: Louvre-Rivoli, Palais Royal – Musée du Louvre.

Ônibus: 21, 67, 74, 85.

Aberta de segunda à sábado das 7h às 22h.

Galerie Vivienne

Construída em 1823 para ser a galeria mais bela e atraente de todas as passagens cobertas de Paris, a arquitetura desta galeria não deixa nem um pouco a desejar. Um lugar realmente encantador!

passagens cobertas de Paris

Endereço

4 Rue des Petits-Champs, 75002 Paris.

Metrô: Bourse, Pyramides.

Ônibus: 20, 29, 39, 74, 85.

Aberta todas os dias das 8h30 às 20h30.


Booking.com

Você também pode se interessar...

2 comentários

Paty 21 fevereiro 2015 - 12:16

Muito show, amo a Europa e seus detalhes.

Reply
guiadoestrangeiro 24 fevereiro 2015 - 20:57

A Europa é mesmo encantadora, não é mesmo Paty?
Obrigado pela visita

Reply

Deixe um Comentário 🙂