Home Planejar ViagemDicas de viagem Passe sanitário na Europa: para que serve e como obter

Passe sanitário na Europa: para que serve e como obter

by Suellen Kyl
Atualizado em 23 junho 2022 por Suellen Kyl

O passe sanitário na Europa, passaporte Covid ou certificado digital COVID da UE entrou em vigor no dia 1 de junho de 2021. A apresentação do passe sanitário em viagens e participação em eventos com um determinado número de pessoas é obrigatória em vários países da Europa, assim como em viagens de avião.

Para maiores informações, não deixe de conferir o nosso canal no YouTube e acompanhar o nosso Instagram. Além de postagens diárias, muitas dicas e informações são postadas diariamente no stories. Já está nos seguindo?

Passaporte sanitário na Europa

Faça agora mesmo a sua cotação com a Wise, uma empresa que oferece um serviço rápido e seguro com as menores taxas e as melhores cotações de câmbio.

>> Faça agora mesmo a sua cotação <<

O que é o passe sanitário na Europa

Em uma tentativa de unificar e tornar a circulação na Europa mais fácil para os cidadãos e viajantes, foi criada uma versão comum do passe sanitário da Europa que pode ser emitido por todos os países membros e certos países europeus que não pertencem à União Européia. Este certificado que pode ser emitido tanto na versão digital através de um QR code, quanto em versão impressa é emitido na língua local e também em inglês.

As informações contidas nesse certificado são: nome completo, data de nascimento, data de emissão e informações sobre a vacina aplicada ou teste efetuado. Saiba como fazer uma viagem de avião tranquila durante a pandemia.

Quem pode emitir o passe sanitário na Europa?

Autoridades de saúde locais, centros de testagem e centros de vacinação. A emissão do certificado digital Covid é gratuita e não obrigatória.

Como obter o passe sanitário?

  • Através da vacinação completa (vacinas aprovadas na União Européia);
  • Teste PCR (menos de 72h) ou antígeno (menos de 48h) negativo;
  • Teste positivo há mais de 10 dias e menos de 6 meses (pessoas recuperadas da doença).

Quais são as vacinas aprovadas na Europa

Atualmente 6 vacinas estão aprovadas pela agência européia de medicamentos. São elas:

  • Pfizer
  • Moderna
  • Janssen
  • AstraZeneca / Vaxzevria / Covishield

Outras vacinas entre elas a CoronaVac estão sendo avaliadas e podem vir a serem aprovadas. As pessoas vacinadas com CoronaVac devem tomar uma dose de uma vacina ARNm (como a Pfizer) para obterem um passe sanitário na Europa.

Quais são as vantagens da vacinação completa*

  • Livre circulação entre os estados membros;
  • Dispensa de testes para viajar;
  • Dispensa de quarentena.

*essas vantagens também se aplicam às pessoas que testaram positivo há mais de 10 dias e menos de 6 meses e estão recuperadas da Covid.

Divergências entre os países membros

Apesar da ideia do passe sanitário ser de um documento unificado, as regras impostas por cada país em relação a entrada de pessoas ou o nível de exigência é diferente. Isso tem tornado as viagens pela Europa um verdadeiro quebra-cabeça. Assim, antes de planejar a sua viagem pela Europa, é muito importante investigar a situação do país em que você se encontra e a situação do país de destino. As exigências variam muito, sendo que em alguns países a quarentena é exigida e em outros a apresentação de um teste negativo é obrigatória.

A lista de países classificados nas listas verde (baixo risco), laranja (médio risco) e vermelha (alto risco) muda muito com o avanço das variantes, sobretudo a variante delta que têm preocupado as autoridades.

Certificado de vacinação Covid-19 para brasileiros

Os brasileiros vacinados podem pedir a emissão de um certificado de vacinação que comprova a vacina aplicada e suas datas. Para obtê-lo, é necessário conectar-se à plataforma ConecteSUS e fornecer os dados necessários. O tempo de processamento do registro da vacinação é de até 10 dias. Somente depois que o registro é efetuado é que a emissão do documento que pode ser impresso é liberada.

Aceitação do certificado de vacinação Covid-19 em viagens

O documento é um comprovante de vacina emitido em português, inglês e espanhol. Porém, a validade é garantida em âmbito nacional. Sendo assim, em viagens internacionais, a aceitação ou não do documento cabe exclusivamente às autoridades do país de destino. O certificado de vacinação é válido por 12 meses.

Prepare a sua viagem

Você também pode se interessar...

Deixe um Comentário 🙂