Criança pintando bandeira da Itália
Home Morar no ExteriorMaternidade Benefícios do bilinguismo no desenvolvimento infantil

Benefícios do bilinguismo no desenvolvimento infantil

by Suellen Kyl
Atualizado em 3 setembro 2022 por Suellen Kyl

Os benefícios do bilinguismo infantil são cada vez mais discutidos entre os profissionais da saúde. Você sabe como incentivar o bilinguismo infantil desde o nascimento? Quem mora fora do Brasil tem sempre a preocupação que as crianças não percam as raízes brasileiras. Mas até que ponto aprender duas línguas simultaneamente pode beneficiar o desenvolvimento infantil? Saiba todas as vantagens de criar crianças bilíngues.

Para maiores informações, não deixe de conferir o nosso canal no YouTube e acompanhar o nosso Instagram. Além de postagens diárias, muitas dicas e informações são postadas diariamente no stories. Já está nos seguindo?

Faça agora mesmo a sua cotação com a Wise, uma empresa que oferece um serviço rápido e seguro com as menores taxas e as melhores cotações de câmbio.

>> Faça agora mesmo a sua cotação <<

Benefícios do bilinguismo: Como a criança se torna bilíngue?

A criança torna-se bilíngue quando imersa em um ambiente onde um, dois ou mais idiomas são usados todos os dias. O bilinguismo há muito tempo teve uma má reputação. As dúvidas foram baseadas no fato de que não sabia se a criança teria sucesso ao falar duas línguas, se essa mistura não iria interferir com o bom desenvolvimento de sua linguagem.

Bilinguismo simultâneo e bilinguismo tardio

O bilinguismo é “simultâneo” quando a criança cresce com os pais que falam duas línguas diferentes. É chamado de bilinguismo “sucessor”, quando mais cedo é iniciado a aprendizagem de uma segunda língua estrangeira.

O bilinguismo é chamado de “tardio”, é quando uma segunda língua é aprendida depois de seis anos. Quanto mais nova uma criança é exposta a uma segunda língua, mais cedo ela será capaz de aprender. Mas cuidado, ela também esquecerá rapidamente se a língua não for usada de forma contínua ao longo de sua infância.

Criança pintando bandeira da Itália

Foto: Pexels por Alena Darmel

O processo de aprendizagem de uma segunda língua

Psicolinguistas explicam que a aquisição da linguagem ocorre em etapas.

  • 0-1 ano, o bebê balbucia, exposto às primeiras palavras ditas por seus pais.
  • Aos 2 anos, a criança tem cerca de 50 palavras.
  • A 2 anos e meio, ela adquire uma dúzia de palavras por dia, e começa a construir as primeiras frases simples de duas palavras: “sapatos mamãe” para “Mamãe eu quero que os meus sapatos”, por exemplo.
  • Aos 4 anos, a sintaxe é adquirida.
  • Após 7 anos, o cérebro da criança atingiu um nível de maturidade que não permite que ela aprenda uma língua de forma intuitiva. Ele não vai aprender uma língua, mas a linguagem. E após essa idade, as crianças não adquirem uma segunda língua como língua materna.

Os benefícios do bilinguismo na primeira infância

Psicolinguistas tem encontrado em suas pesquisas, peculiaridades no desenvolvimento de crianças bilíngues. Seu interesse pela linguagem é reforçado, elas também apresentam um pensamento criativo mais amplo e melhor concentração mental. Antes de focar na escolha de palavras em uma língua ou outra, elas devem fazer um maior esforço para se concentrar.

Crianças que aprendem uma segunda língua cedo têm uma sensibilidade comunicativa maior, conseguem resolver problemas e arquitetar soluções mais rápido.

Prepare a sua viagem

Você também pode se interessar...

1 comentário

Paty 2 de dezembro de 2014 - 17:59

Muito interessante, espero que antes da minha filha estar com 7 anos eu já esteja morando no exterior.

Reply

Deixe um Comentário 🙂