Passando pela imigração no Reino Unido

A imigração no Reino Unido é conhecida por ser uma das mais exigentes na Europa. Mesmo fazendo parte da União Européia (por enquanto), o Reino Unido não faz parte da zona Schengen (zona de livre circulação). Com isso, o controle de passaportes é efetuado mesmo que o seu voo tenha origem na Europa.

imigração no Reino Unido

Foto: fullfact

Vou contar um pouco das duas experiências que tive ao passar pela imigração, uma quando fui de trem e outra mais recente quando fui de avião.

Indo de trem pela Eurostar

Em novembro do ano passado, fui à trabalho à Londres saindo da Gare de Lyon. A viagem era de apenas 1 dia e eu tinha a reserva do hotel e as passagens de ida e volta. Ao embarcar, você passa pela imigração francesa que carimba a sua saída e logo em seguida pela imigração no Reino Unido antes de pegar o trem (sim ainda na França).

Passei tranquilamente pela imigração francesa que não fez nenhuma pergunta e apenas carimbou a saída. Depois veio a imigração inglesa, que eu achei que fosse ser bem rápido afinal eu estava indo a trabalho e apenas por um dia.

Passando pela imigração no Reino Unido

Minha colega que é francesa passou rapidamente, só perguntaram o motivo da viagem e carimbaram o passaporte. Na minha vez, a agente fez uma série de perguntas em cadeia, a cada resposta que eu dava ela engatava uma outra pergunta relacionada. Pediu para ver a reserva do hotel e quando eu disse que morava na França, ela pediu o titre de séjour.

Eis que no dia anterior eu tinha escaneado o titre de séjour e obviamente que eu tinha esquecido o cartão no scanner. A minha cara de espanto deve ter sido enorme porque ela carimbou o passaporte em seguida e me desejou uma boa viagem hahahaha...

Leia também: Dificuldades de morar no exterior

Indo de avião

Sempre gosto de preparar tudo relacionado à viagem com bastante antecedência. Eis que preparei tudo, mas só fui lembrar das exigências da imigração no Reino Unido algumas horas antes de embarcar. Não tinha impresso as reservas do hotel.

Eu tinha a confirmação no celular mas resolvi imprimir só por precaução. E lógico que a tinta na impressora foi suficiente apenas para imprimir uma das reservas.

As passagens de avião não foram impressas, eu uso o app da companhia (o que eu acho uma mão na roda). Não suporto ter que ficar caçando onde enfiei os bilhetes que imprimi, porque na correria você acaba não sabendo onde colocou.

Passando pela imigração - senta que lá vem história

Indo de avião, passei pela imigração francesa que carimbou a saída no passaporte, nenhuma pergunta. A imigração inglesa é na chegada ao Reino Unido.

Existem duas filas diferentes: uma para passaportes da União Européia e outra para os demais passaportes. A fila dos passaportes europeus é bem maior, mas anda muito mais rápido. Preenchi o formulário de entrada que você deve entregar junto com o passaporte ao passar pela imigração.

Fiquei esperando uns 20 minutos na fila. Tinha outra fila ao lado com pessoas que não tiveram a entrada "aprovada" e ficaram esperando para ir para a famosa "salinha".

Finalmente chegou a minha vez. Entreguei o formulário e o passaporte e a agente perguntou se eu falava inglês. Disse que sim e ela começou uma bateria de perguntas. Isso com um sotaque inglês super forte e na velocidade 10 do créu.

Foi difícil entender e a cada resposta, ela engatava uma outra pergunta. Ela questionou bastante o fato de eu estar indo para Liverpool se eu não tinha amigos aqui.

Quando falei que estava vindo ver o jogo para comemorar o aniversário do meu namorado, mais perguntas. Ela perguntou qual a nacionalidade dele e por que ele não estava comigo. Foram tantas perguntas que eu já estava achando que ia para a fila que vai para a salinha.

Depois de mostrar a reserva do hotel e o titre de séjour francês, ela carimbou a minha entrada. Ufa, até que enfim!

Leave a reply

%d blogueiros gostam disto: