Pantanal sul-mato-grossense: passeios e dicas

Viagem para o Pantanal sul-mato-grossense

A região do Pantanal é simplesmente um zoológico a céu aberto, com uma biodiversidade única no mundo e muito rica! Como cresci em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, eu já conhecia um pouco das belezas da região. Quando criança fiz algumas excursões para Bonito e o Pantanal com a escola. No entanto, as visitas eram em áreas com muito turistas e por isso, dessa vez, eu queria ver de verdade tudo o que a região podia nos oferecer. Para isso precisávamos ir into the wild! 😀

pantanal sul matogrossense 2

A pousada

Fechamos com uma pousada no pantanal que fica dentro de uma fazenda a 200 km de Campo Grande. A Pousada Aguapé fica muito bem localizada, ao lado do rio Aquidauana, lar de centenas de espécies de animais. Nós fomos para a fazenda de carro, saindo de Campo Grande. A viagem dura cerca de 3 horas e o caminho é bem fácil. Depois da rodovia estadual, seguimos pela estrada de chão por um percurso de 50 km até a pousada. A estrada estava em boas condições (mesmo depois de um temporal que pegamos meia hora antes na rodovia!) e nesse percurso de 1 hora avistamos: vários carcarás, tuiuiús (primeira vez que vi um), garças e uma família de macacos atravessando a estrada!

Chegando na porteira da fazenda, fomos cumprimentados por um lobinho e muitos, mas muitos, pássaros! Incluindo as magníficas araras-azuis, que são as donas do pedaço.

Os passeios no Pantanal

Ficamos 3 dias e 2 noites na pousada e conhecemos a região de 4 formas diferentes.

Passeio à cavalo:
passeio a cavalo no pantanal pousada aguapé guia do estrangeiro

passeio a cavalo no pantanal 2

 

Passeio de barco:

passeio de barco rio aquidauana

jacare rio aquidauana pousada aguape guia do estrangeiro

Caminhada:

caminhada no pantanal pousada aguape

jacare na lagoa pantanal passeio 4x4

Passeio de 4x4:

4x4 pantanal

4x4 pantanal tuiuiu e lobinho

 

É possível avistar animais diferentes em cada tipo de passeio, já que passamos por lugares, em velocidades e fazendo barulhos diferentes. Por exemplo: na caminhada pudemos passar por dentro de uma mata fechada e observar as famílias de macacos e as ariranhas na lagoa, que se afastam por qualquer barulho; no passeio a cavalo vimos vários porcos-monteiros; e com a 4x4 fomos mais longe, visitamos um ninho de tuiuiús e uma lagoa repleta de jacarés e capivaras.

Veja também nossas dicas de viagem para a Chapada Diamantina.

Animais do Pantanal

Entre os animais que tivemos a chance de ver nessa viagem estão: o tatu, tamanduá-bandeira, cotia, jacaré, veado, porco-monteiro, lobinho, capivara, ariranha, cervo, quati e teiú. Já para as aves é difícil dizer quais eram, pois são muitas espécies diferentes. Entre as mais conhecidas estão: a arara-azul, tuiuiú, sabiá, biguá, ema, andorinha, gavião, joão-de-barro, bem-te-vi, martim-pescador, curicaca, carcará e por aí vai. Não tenho foto de todos os animais que vimos, pois as vezes eles passam rápido ou estamos tão encantados que nem lembramos de fotografar. 🙂 Somos tão desacostumados em ver tantos animais livres em um só lugar, que a natureza selvagem nos enche de contentamento com sua beleza!

araras azuis no pantanal pousada aguape guia do estrangeiro

Em um momento contamos 18 araras juntas!! 😮

tuiuiu pantanal pousada aguapé

 

Comida típica

A comida da pousada é simplesmente maravilhosa. Uma das melhores partes da nossa estadia no Pantanal! Depois de uma manhã ou tarde de passeios, a melhor coisa é degustar a comidinha deliciosa e então descansar.  No cardápio teve churrasco, peixes, carnes, doce de leite, queijo minas, frutas, bolos, sucos e muito mais!

O que levar para o Pantanal

Independente da época do ano, leve sempre:

  • repelente
  • boné ou chapéu
  • binóculos
  • calça jeans
  • tênis de trilha
  • óculos de sol
  • protetor solar
  • jaqueta ou capa de chuva
  • casaco de frio
  • roupa de banho

Leave a reply

%d blogueiros gostam disto: