O que os estrangeiros pensam sobre o Brasil e os brasileiros

O Brasil é um dos destinos de viagem que se mostram mais presentes na lista de desejos dos estrangeiros. Seja por considerarem um país exótico ou pela curiosidade em conhecer nossa cultura, o Brasil desperta a vontade de viajar em muitos deles.

Brasil e os brasileiros

O que os estrangeiros pensam sobre o Brasil e os brasileiros

Confira a lista das coisas que os estrangeiros gostam e não gostam sobre o Brasil e os brasileiros. Como tudo tem o seu ponto positivo e negativo, não podemos deixar de fora alguns detalhes não tão agradáveis.

Calor humano

É certo que, ao chegar em um país desconhecido, a primeira impressão que temos é sobre o seu povo, a forma como somos recebidos e atendidos. Nesse quesito, o Brasil ganha muitos pontos, já que a maior parte dos estrangeiros afirmam terem sido bem atendidos e recepcionados de forma calorosa e gentil. Mesmo não dominando necessariamente outras línguas, o povo brasileiro está sempre disposto a ajudar, o que não é muito comum em outros países.

Leia também: O que os franceses pensam sobre os clichês brasileiros

Solucionadores de problemas

Na era do consumismo, somos um povo um pouco peculiar: estamos sempre tentando dar uma nova vida a situações e objetos que outros povos e culturas simplesmente substituiriam por um novo. Quebrou? A gente tá sempre dando um jeito e pensando em mil e uma formas de consertar. Comprar, só em último caso. Os estrangeiros apreciam muito a mente criativa dos brasileiros, conhecida também pelas empresas que buscam recrutar pessoas criativas e que costumam pensar fora do convencional.

Barulho, muito barulho

Música alta, carro de som passando na rua fazendo anúncios a todo vapor, carrinho de sorvete apitando, o carro do churros, o moço da pamonha... Tem barulho pra todo lado. As festas, os churrascos são sempre regados à música e muita conversa.

Os brasileiros são acostumados a falar alto, o que incomoda um pouco os estrangeiros que estão acostumados a um tom de voz mais calmo. Alguns até mesmo acham que estamos brigando, quando estamos apenas tendo uma conversa. O que para nós já é costume, para os estrangeiros é visto como falta de respeito.

Confira: 15 hábitos brasileiros apreciados pelos turistas

Não cumprir com os horários

Algo que irrita muito os estrangeiros é a falta de compromisso em cumprir os horários. Algumas culturas, como a alemã são seguidores estritos do quesito horário. Os atrasos são vistos como falta de respeito, já que as pessoas se planejam baseadas no horário que você combinou. Já que vai atrasar, é recomendado passar o horário provável do início da festa para o estrangeiro do que fazê-lo esperar.

Na França, os convidados geralmente cumprem uma "norma" que diz que você deve chegar com 15 minutos depois do previsto para que os anfitriões tenham tempo de se arrumar antes dos convidados chegarem.

Tudo é motivo de festa

Não importa o motivo, os brasileiros estão sempre fazendo festa. E se não tem motivo, eles inventam. Os estrangeiros gostam bastante da facilidade que os brasileiros tem em fazer amizades e do jeito informal de visitarmos uns aos outros. No exterior, é comum as pessoas marcarem de ir na casa do fulano, não tem muito isso de convidar de última hora. Os estrangeiros gostam do nosso jeito de improvisar. Chegou mais um? A gente dá um jeito de ir ali no mercado e comprar mais comida.

Veja: 10 clichês sobre o Brasil segundo a FIFA

Comida, bebidas e frutas

Nossa culinária é bem vista pela maior parte dos estrangeiros. A nossa caipirinha é conhecida mundialmente e facilmente encontrada em bares e restaurantes. As frutas tropicais atraem bastante a atenção dos estrangeiros, principalmente frutas com um cheiro característico como a manga e o maracujá.

No Brasil, os estrangeiros se deliciam com as frutas tropicais frescas que apesar de existirem nos mercados no exterior, nunca terão o sabor de uma fruta recém colhida.

Leave a reply

%d blogueiros gostam disto: