Lista de perguntas para a hostfamily

Ao conversar com uma família, uma lista de perguntas são essenciais para que você entenda se a família realmente será um bom match. Depois da minha experiência em conversar com algumas famílias, acabei fazendo um esquema de perguntas com as respostas para as perguntas que as famílias geralmente fazem e uma lista de perguntas que eu acho essencial. Vou compartilhá-las aqui e dar algumas opniões. Que fique bem claro que é minha opinião e não uma verdade universal.

perguntas para a hostfamily

Qual é a visão da família em relação a educação das crianças? Como você as disciplina e quais valores vc prioriza?

Essa pergunta pode revelar muitas coisas, como por exemplo o grau de "mimação" das crianças. É importante para você saber também se o modo de educar as crianças é parecido com aquele que você acha que deve ser. Eu nunca tive filhos, mas vejo pela experiência dos outros o que eu acho certo/errado e gosto de ler bastante sobre desenvolvimento infantil mesmo antes de querer ser au pair. Como você vai ficar boa parte do tempo com as crianças, é óbvio que trabalhar contrariada não vai ser algo muito legal.

Qual vai ser seu schedule?

Importante que você pergunte isso por email pra ter certeza de que você realmente entendeu e peça mais alguns detalhes pelo telefone. Quando eu perguntei do schedule pras famílias elas desandaram a falar e eu me perdi no meio da conversa, então é bom ter isso anotado para evitar futuros problemas. Pergunte como vai ser no verão também. Se você gosta de sair e quer planejar algo com outras au pairs, preste atenção nos finais de semana. Se ficar em dúvida, pergunte sempre.

Leia também: Como é a entrevista para o visto de au pair no consulado americano

Se a família já teve uma au pair antes

Se não tiver, o negócio é ir na sorte mesmo. Eu sou meio receosa com esse negócio de first au pair, mas como tudo na vida tem seus prós e contras. É tendência natural do ser humano comparar (vai dizer que você não comparava sua mãe com a do seu colega quando você era criança e a mãe do colega era sempre mais legal que a sua?). E ser a primeira au pair tem essa vantagem; não tem com quem comparar. Mas justamente por não ter essa base, a família pode ficar meio perdida.

E assim como a sua adaptação é difícil, vai ser algo novo pra eles também, o que significa que eles podem se acostumar ou não com a idéia de ter uma au pair. Se a família já teve uma au pair, eles já conhecem bem como funciona o programa (o que pode dar margem a explorar possíveis brechas no programa). Além disso, você tem alguém pra conversar e saber mais detalhes sobre a família.

O que a família espera de você como au pair?

Assim como eles fazem a insistente pergunta pra saber porque você quer ser au pair, é importante que você saiba porque eles querem ter uma au pair e o que eles esperam de você. Se a família demonstrar insegurança em relação ao programa, é bom ficar de olhos bem abertos. É bom ver se as expectativas deles correspondem com as suas, se a relação é mais tipo familiar ou de trabalho, essas coisas.

Como é a cidade, a vizinhança, como é o sistema de transporte?

Quanto mais vc souber, melhor. É importante perguntar sobre o clima também e como estará o clima quando você chegar. Aproveite para perguntar das universidades e cursos próximos, entre outras coisas.

Precisando de inspiração? Larguei tudo e resolvi fazer diferente

Quais serão suas responsabilidades. Se a família tem pets, você será responsável por eles?

Importante para ver se tem cheiro de exploração no ar. Se as responsabilidades forem demais para as 10h de trabalho, vc deve trabalhar bastante, então esteja preparada. Tive uma família que o schedule era manha/tarde/noite e era humanamente impossível cumprir todas aquelas atividades num dia.

As crianças seguem alguma rotina com banhos, naps, snacks?

Importante saber se você vai poder respirar ao menos enquanto trabalha. Se as crianças tiverem um horário fixo, é infinitamente mais fácil lidar com elas.

Você pretende que seu filho aprenda outros idiomas (português por exemplo) ?

Tem au pair que sai ensinando seu idioma sem antes consultar os pais. Lembre-se que não são seus filhos e nem todo mundo acha legal que o filho saiba outras línguas. Caso você tenha esse interesse e não queira se sentir frustrada mais tarde, pergunte antes.

Você vai ter acesso ao carro? como vai ser?

Muita gente fala que carro é essencial. Uma das famílias que eu conversei disse que não teria carro, mas num segundo email disse que tinha conversado coma seguradora e que provavelmente iria comprar outro carro depois que eu chegasse. Claro que não confiei nisso, mas como a cidade era grande e td era relativamente perto e tinha bastante au pair nas redondezas, não me parecia um empecilho. Mas é bom ver isso com calma e comparar com a cidade que você vai morar. Depende também do quanto você preza pela sua "liberdade".

3 comments

  1. Leticia 22 Abril, 2017 at 19:20 Responder

    Olá adorei seu blog Parabéns 🙂
    Você teria alguma agência para indicar para gerenciar um au pair no Canadá?
    Cheers

Leave a reply

%d blogueiros gostam disto: