Franceses são arrogantes e mal educados

franceses

Imagem: Jung Yeon-Je

Quantas vezes você já não ouviu durante uma discussão sobre nacionalidades que os franceses são arrogantes e mal educados? Ou então que são um povo esnobe, que não sabe acolher os turistas, detesta dar informação e não gosta de falar francês. E assim como o estereótipo de que franceses não tomam banho, esses clichês se disseminaram e se tornaram mundialmente conhecidos. E será que é mesmo verdade?

 

Franceses não são calorosos e acolhedores

Nós, brasileiros, temos uma cultura muito acolhedora, gostamos da proximidade e do contato humano. Bom humor é um elemento do cotidiano e estamos sempre comemorando por tudo (às vezes até comemoramos em excesso). Os franceses são mais fechados, eles têm um jeito mais especial para se aproximar. É preciso dar abertura e incentivo à conversa.

Tive uma experiência recente na cantina do meu trabalho. A pessoa que valida os cartões era uma novata, bem séria e fechada. Eu não sei dizer bonjour sem dar um sorriso, então depois de alguns dias, percebi que ela começou a retribuir o meu bonjour com um sorriso. Decidi então soltar um ça va? e para a minha surpresa ela sorriu novamente, respondeu e devolveu a pergunta. Ao devolver o meu cartão com o ticket do dia, me desejou uma bom dia. Sabe quando você tem a impressão que uma simples pergunta fez toda a diferença para alguém? A sensação foi essa.

Leia também: Fatos estranhos sobre a educação das crianças francesas

 

Franceses são fechados e arrogantes

Algo natural do ser humano é sempre esperar receber algo, sem antes "dar" algo em troca. Não é todo dia que estou com vontade de puxar conversa, sorrir ou ser sociável. Tem dias que sou fechada e arrogante e nem percebo. Depois de um tempo morando na França, posso garantir que conheci muito mais franceses legais e interessantes do que fechados e arrogantes.

É preciso aprender a respeitar os indícios que a outra pessoa passa durante uma interação. Quando a conversa não está fluindo, ou quando você vê que o outro não está interessado, é melhor não ficar insistindo. Isso pode ser encarado como um ponto negativo do ponto de vista de um turista, mas é preciso levar em conta que viver em Paris é um tanto complicado: trens lotados e atrasados, tráfego congestionado... O cérebro está sempre à mil pensando em caminhos alternativos para chegar ao trabalho, entre outras coisas do cotidiano...

A chave de tudo é: Seja gentil e educado ao pedir uma informação e escolha bem a sua "vítima". Tentar pedir informação para aquele homem de terno que está saindo do trem apressado (porque deve estar atrasado) não é uma boa ideia.

Confira: Como funciona o jeitinho francês

 

Franceses não gostam de dar informação

Diferente de algumas cidades no Brasil, se um francês não conhece o caminho para chegar onde você quer ir, ele vai certamente responder que não sabe ao invés de tentar dar uma resposta. Logo quando cheguei em Paris, achava estranho quando eu falava de uma estação de metrô e sempre ouvia a pergunta "fica perto do quê?". Hoje em dia vejo que é realmente impossível ter o mapa de Paris na cabeça sempre que alguém pergunta.

Leave a reply

%d blogueiros gostam disto: