As primeiras impressões de um francês ao chegar no Brasil

A gente sempre fica curioso em saber como vai ser quando chegarmos pela primeira vez em um outro país. Não conseguir se adaptar, o novo, o desconhecido e a falta de domínio da língua são alguns dos maiores medos de quem decide morar fora do Brasil.

chegando_ferias

Mas algo que é o maior causador de "discórdia" e que volta e meia gera problemas, é o choque cultural. Mesmo que você leia bastante, domine um pouco a língua e esteja aberto a aprender, existem situações que você acaba passando um aperto e pagando mico sem saber a razão.

No Brasil, quando chegamos à casa de um amigo, não é obrigatório cumprimentar um por um com beijinhos. Você pode até fazer, quando faz tempo que não vê a pessoa, mas ninguém vai te achar um ET se não fizer. Na França, não é bem assim... Quando você chega na casa de amigos, faz parte da educação cumprimentar cada um dos presentes.

Leia também: Expressões francesas do cotidiano e seus significados

No Brasil estamos acostumados com a falta de pontualidade das pessoas. Pensando nisso, ninguém chega na hora certa na festa. Já os franceses usam uma "regrinha" de chegar 15 minutos depois do horário previsto para dar um tempo para o(a) dono(a) da casa poder se arrumar. Pelo jeito os franceses não perdem tempo para se arrumar, não é mesmo?

Saiba mais: Conheça 5 boas razões para aprender francês

E o francês quando chega na nossa pátria amada, qual é a impressão que ele tem? Quais são os problemas culturais que ele encontra? Quais são os seus medos? Alexis Radoux, um francês que vive há 8 anos no Brasil, conta de forma irreverente como foi a sua experiência ao chegar no Brasil.

Leave a reply

%d blogueiros gostam disto: